4 de out de 2011

Rumo ao Futuro

Imagem: www.uc.pt/fctuc/noticias/2010/n20100415n02

Imagine levar seus filhos ao zoológico para, dentre outras espécimes, ver um dinossauro, ao vivo e a cores, onde vivo quer dizer exatamente vivo!

Ou então você resolve fazer uma reforma em sua casa ou apartamento e contrata pela internet o projeto que mais lhe agrada. Em uma data pré-definida, sua casa é invadida por pequenos robôs que levantam paredes, fazem a hidráulica, a elétrica e em uma ou duas horas, sua casa está pronta, e os nanorobôs vão embora, deixando sua casa totalmente reformada como você queria.

Os tecidos inteligentes da sua roupa emitirão um aviso ao hospital caso detectem alguma alteração anormal no seu batimento cardíaco, pressão arterial ou células epiteliais que possam vir a comprometer sua saúde, providenciando imediatamente a prevenção de qualquer doença.

Em casos de cirurgia, um nanocirurgião entrará no seu corpo através de uma pílula e fará a cirurgia, com cortes precisos, guiada por médicos que estarão acompanhando pela tela de um computador. Posteriormente será expelido por vias normais.

Lentes de contato transmitirão páginas da web diretamente em sua retina, sempre que você precisar fazer alguma consulta sobre uma pessoa, um local ou necessitar de uma tradução.

Essas e outras tantas histórias não são roteiro de nenhum filme de ficção científica. Fazem parte das 80 tecnologias que serão desenvolvidas nas próximas 8 décadas, publicadas no livro Physycs of the Future (Física do Futuro) do engenheiro Michio Kaku, um dos pais da teoria dos campos de corda (Física Quântica).

“Não sou um escritor de ficção científica. Tudo o que menciono é baseado na realidade.”, diz Kaku que coletou informações com alguns dos mais conceituados pesquisadores em várias áreas da ciência, sendo que algumas pesquisas já estão em andamento.

De acordo com ele, conseguiremos fabricar braços, pernas e órgãos utilizando informações contidas no nosso DNA, em substituição aos desgastados ou perdidos, que nos permitirá viver por mais de 150 anos. Aparelhos como celulares poderão diagnosticar anomalias (como em Jornada nas Estrelas) apenas passando-o por nosso corpo.  

Poderemos recriar dinossauros, cavalos alados ou ressuscitar o neandertal.

Com certeza, algumas dessas previsões parecem fantásticas mas não há dúvidas quanto ao progresso da tecnologia na última década.  Eu mesma arrisco prever que a televisão, em um futuro não tão distante, transmitirá imagens holográficas no meio de nossa sala, permitindo que possamos apreciar um filme de todos os ângulos, em 3D.

Quem viver, verá...

Fonte: Galileu n° 238 – Maio 2011

2 de out de 2011

Resultado do Sorteio


Parabéns!


Em nosso primeiríssimo sorteio que só contou com três participantes, enumerei por ordem de comentários.


Primeiro foi a Jo, depois a San e em terceiro a Ana.


Lancei os números no random.org e o sorteado foi:

número 2 - San

Parabéns, San. Mande seu endereço para fatimavesteprada@gmail.com que mandarei o áudiolivro "O Efeito Facebook".


Boa diversão e obrigada a todos pela participação.


Até o próximo sorteio. Bjs!

Gotas de gentileza - No Ônibus - parte 1



Hoje começarei uma sessão que batizei de Glamour's Drops.
Porque educação, respeito e solidariedade também é glamour


A ideia é gerar um movimento de gentileza e conscientizar as pessoas de que nosso mau comportamento incomoda os outros, na maioria das vezes, alguém completamente estranho com quem cruzamos na rua, no ônibus, no shopping ou em qualquer lugar de convivência humana.


Semanalmente publicarei pequenas dicas para usar em seu dia a dia, pois gentileza gera gentileza.


Vou começar esta sessão em um ambiente muito comum aos trabalhadores: o ônibus!


Vamos imaginar a situação: você chega ao ponto de ônibus onde já existem algumas pessoas. Não no centro da cidade, mas no seu bairro que é atendido por poucas linhas. Você espera pacientemente o ônibus passar.


Quando ele se aproxima, você observa que algumas pessoas que já estavam esperando quando você chegou no ponto, fazem sinal e o ônibus para. Essas pessoas preparam-se para subir e você passa na frente delas pois quer pegar um lugar vazio. Sabe qual é o nome disso? Esperteza? Não, falta de educação!


Pense um pouco: embora não exista uma fila, existe um direito "invisível" dessas pessoas de entrar no ônibus na sua frente, de sentar-se se houver lugar! Afinal, essa ou essas pessoas estão no ponto a mais tempo do que você.


Portanto amigo(a), seja mais observador(a) e permita que as pessoas que chegaram na sua frente entrem antes de você e, se houver alguém idoso, alguma mulher grávida, algum deficiente, mesmo que tenha chegado depois de você no ponto, deixe-os passar na sua frente.


É educado. É gentil.


SiTok!

Aforismos - Oscar Wilde

Fonte da imagem: Clube de Leitura Icaraí


Nascido em Dublin - Irlanda em 1854, esse escritor destacou-se nos estudos de latim e de poetas helenistas, o que exerceu forte influência tanto em suas obras quanto em sua vida. 

Devido ao seu desempenho escolar, conseguiu uma bolsa em uma das faculdades de Oxford onde ficou conhecido por sua excentricidade. Trajando roupas luxuosas e vivendo em um apartamento ricamente decorado para um estudante, não conseguiu despertar vínculos de amizade entre seus colegas, principalmente quando se envolvia em discussões intelectuais onde quase sempre humilhava seus oponentes. Embora negligente com seus estudos, sempre tirava as melhores notas.

Ao término de sua faculdade foi para Londres, conhecendo diversas personalidades do mundo literário, atrizes e pessoas influentes da sociedade local. Devido à sua sagacidade, capacidade de oratória, vasta cultura e modos impecáveis, conseguia tornar-se o centro das atenções em todas as atividades sociais em que comparecia.

Após a morte do pai, sua mãe e irmão se juntaram a ele em Londres. Lady Wilde sempre foi uma fervorosa incentivadora do talento do filho e passou a promover saraus de poesia nas tardes de sábado, em sua casa, fazendo com que seu filho poeta ficasse mais conhecido ainda na capital inglesa.

Com algumas poesias publicadas em jornais e revistas, Oscar Wilde resolveu que já estava na hora de lançar seu primeiro livro. Fez tanto sucesso que uma editora acabou lançando uma edição em solo americano.

Sua chegada à América foi um grande sucesso, passando também por Paris. Dentre suas obras, tornaram-se conhecidas: O fantasma de Canterville, O príncipe feliz, O retrato de Dorian Gray, A Duquesa de Pádua, dentre outros contos e poesias.

O destaque aqui vai para as citações de grande efeito moral – aforismos – que ganharam destaque em suas obras, e que compõem meu artigo de hoje. Afinal, Fátima também é cultura.

“A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.”

“A história da mulher é a história da pior tirania que o mundo conheceu: a tirania do mais fraco sobre o mais forte.”

“Experiência é o nome que damos aos nossos próprios erros.”

“Meus gostos são simples: prefiro o melhor de tudo.”

A diferença entre a empolgação e o amor eterno é que a empolgação dura mais.”

“Não pode haver amizade entre homem e mulher. Pode haver paixão, hostilidade, adoração, amor, mas não amizade.”

“A verdade jamais é pura e raramente é simples.”

“Um homem deve dar toda importância a escolha de seus inimigos: eu não tenho um só que não seja idiota.”

“A alma nasce velha e se torna jovem. Eis a comédia da vida. O corpo nasce jovem e se torna velho. Eis a tragédia da alma.”

 “O egoísmo não consiste em vivermos conforme os nossos desejos, mas sim em exigirmos que os outros vivam da forma que nós gostaríamos. O altruísmo consiste em deixarmos todo o mundo viver do jeito que bem quiser.”

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.”

E a que mais gostei:

“Desconfiem da mulher que confessa a sua verdadeira idade. Uma mulher que diz isto poderá dizer qualquer coisa.”

E qual é a sua preferida?

Fonte: Revista Literatura, Escala Educacional, publicação n° 28, págs. 52 a 60.