1 de fev de 2012

As 10 profissões mais felizes do mundo



Será que a sua profissão está na lista das 10 mais felizes do mundo?


Uma pesquisa realizada pela Universidade de Chicago e que foi divulgada em dezembro do ano passado pela revista Forbes chegou a uma conclusão surpreendente, já que também foram divulgadas os 10 cargos mais infelizes para quem os ocupa.


Mesmo sendo realizada nos EUA, a realidade deles quanto às remunerações (ganham melhor ou não ganham tão bem) assemelha-se à nossa, respeitadas as diferenças de poder aquisitivo que lá é muito maior do que o do  brasileiro.


Então, você está em qual quadro?


As 10+



  • Clérigo
  • Bombeiro
  • Fisioterapeuta
  • Escritor
  • Professor de Educação Especial
  • Professor
  • Artista
  • Psicólogo
  • Vendedor de Serviços Financeiros
  • Engenheiro de Operação



As 10-



  • Diretor de TI
  • Diretor de Vendas e Marketing
  • Gerente de Produto
  • Desenvolvedor Web Sênior
  • Especialista Técnico
  • Técnico em eletrônica
  • Secretário Judicial
  • Analista de Suporte Técnico
  • Operador de CNC
  • Gerente de Marketing



Podemos observar que o segundo grupo contém mais atividades técnicas obrigando muitas vezes a trabalhar mais horas por dia, o que em si já é um grande fator estressante. Embora sejam profissionais mais bem remunerados, lidam com um público cujo ritmo frenético de exigências induz uma pressão muito grande impedindo uma satisfação pessoal mais direta e facilmente detectável.  


Isso nos leva de volta ao primeiro grupo que mantém um contato maior com a satisfação do seu cliente liberando serotonina cuja deficiência causa a depressão - facilmente observada nas carreiras mais infelizes.


Pesquisa muito interessante sob meu ponto de vista e gostaria muito de saber quais seriam os resultados se tal avaliação fosse realizada no Brasil. Se alguém tiver conhecimento desse resultado, por favor, informe que colocarei aqui no blog, tá?

29 de jan de 2012

Como adquirir a Verdadeira Sabedoria


Era uma vez um jovem que visitou um grande sábio para lhe perguntar como deveria viver para adquirir a sabedoria.
O ancião, ao invés de responder, propôs um desafio:- Encha uma colher de azeite e percorra todos os cantos deste lugar, mas não deixe derramar uma gota sequer.
Após ter concordado, o jovem saiu com a colher na mão, andando a passos pequenos, olhando fixamente para ela e segurando-a com muita firmeza. Ao voltar, orgulhoso por ter conseguido cumprir a tarefa,mostrou a colher ao ancião, que perguntou:- Você viu as belíssimas árvores que havia no caminho? Sentiu o aroma das maravilhosas flores do jardim? Escutou o canto dos pássaros?
Sem entender muito o porquê disso tudo, o jovem respondeu que não e o ancião disse:- Assim você nunca encontrará sabedoria na vida; vivendo apenas para cumprir suas obrigações sem usufruir das maravilhas do mundo. Assim nunca será sábio.
Em seguida, pediu para o jovem repetir a tarefa, mas desta vez observando tudo pelo caminho. E lá foi o rapaz com a colher na mão, olhando e se encantando com tudo. Esqueceu da colher e passou a observar as árvores, cheirar as flores e ouvir os pássaros. Ao voltar,o ancião perguntou se ele viu tudo e o jovem extasiado disse que sim. O velho sábio pediu para ver a colher e o jovem percebeu que tinha derramado todo o conteúdo pelo caminho.
Disse-lhe o ancião:- Assim você nunca encontrará sabedoria na vida; vivendo para as alegrias do mundo sem cumprir suas obrigações. Assim nunca será sábio.
Para alcançar a sabedoria terá que cumprir suas obrigações sem perder a alegria de viver.
Somente assim conhecerá a verdadeira sabedoria.