2 de out de 2011

Aforismos - Oscar Wilde

Fonte da imagem: Clube de Leitura Icaraí


Nascido em Dublin - Irlanda em 1854, esse escritor destacou-se nos estudos de latim e de poetas helenistas, o que exerceu forte influência tanto em suas obras quanto em sua vida. 

Devido ao seu desempenho escolar, conseguiu uma bolsa em uma das faculdades de Oxford onde ficou conhecido por sua excentricidade. Trajando roupas luxuosas e vivendo em um apartamento ricamente decorado para um estudante, não conseguiu despertar vínculos de amizade entre seus colegas, principalmente quando se envolvia em discussões intelectuais onde quase sempre humilhava seus oponentes. Embora negligente com seus estudos, sempre tirava as melhores notas.

Ao término de sua faculdade foi para Londres, conhecendo diversas personalidades do mundo literário, atrizes e pessoas influentes da sociedade local. Devido à sua sagacidade, capacidade de oratória, vasta cultura e modos impecáveis, conseguia tornar-se o centro das atenções em todas as atividades sociais em que comparecia.

Após a morte do pai, sua mãe e irmão se juntaram a ele em Londres. Lady Wilde sempre foi uma fervorosa incentivadora do talento do filho e passou a promover saraus de poesia nas tardes de sábado, em sua casa, fazendo com que seu filho poeta ficasse mais conhecido ainda na capital inglesa.

Com algumas poesias publicadas em jornais e revistas, Oscar Wilde resolveu que já estava na hora de lançar seu primeiro livro. Fez tanto sucesso que uma editora acabou lançando uma edição em solo americano.

Sua chegada à América foi um grande sucesso, passando também por Paris. Dentre suas obras, tornaram-se conhecidas: O fantasma de Canterville, O príncipe feliz, O retrato de Dorian Gray, A Duquesa de Pádua, dentre outros contos e poesias.

O destaque aqui vai para as citações de grande efeito moral – aforismos – que ganharam destaque em suas obras, e que compõem meu artigo de hoje. Afinal, Fátima também é cultura.

“A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.”

“A história da mulher é a história da pior tirania que o mundo conheceu: a tirania do mais fraco sobre o mais forte.”

“Experiência é o nome que damos aos nossos próprios erros.”

“Meus gostos são simples: prefiro o melhor de tudo.”

A diferença entre a empolgação e o amor eterno é que a empolgação dura mais.”

“Não pode haver amizade entre homem e mulher. Pode haver paixão, hostilidade, adoração, amor, mas não amizade.”

“A verdade jamais é pura e raramente é simples.”

“Um homem deve dar toda importância a escolha de seus inimigos: eu não tenho um só que não seja idiota.”

“A alma nasce velha e se torna jovem. Eis a comédia da vida. O corpo nasce jovem e se torna velho. Eis a tragédia da alma.”

 “O egoísmo não consiste em vivermos conforme os nossos desejos, mas sim em exigirmos que os outros vivam da forma que nós gostaríamos. O altruísmo consiste em deixarmos todo o mundo viver do jeito que bem quiser.”

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.”

E a que mais gostei:

“Desconfiem da mulher que confessa a sua verdadeira idade. Uma mulher que diz isto poderá dizer qualquer coisa.”

E qual é a sua preferida?

Fonte: Revista Literatura, Escala Educacional, publicação n° 28, págs. 52 a 60.