24 de mai de 2012

Estudo revela: Homens Vegetarianos são menos viris


Sou vegetariana. Ponto. Mas não sou do tipo radical, na realidade sou classificada como ovolactovegetariana. Entretanto, ainda não consegui largar a mortadela, o presunto ou a salsicha. Enfim, cada louco com sua mania.

Mas retornando ao assunto deste post, uma pesquisa publicada no Journal of Consumer Research relatou que homens que consomem salada verde no almoço são considerados menos "masculinos" do que seus pares carnívoros.


O estudo investigou a ligação entre as palavras: vegetariano, carne e masculino examinando a associação que as pessoas faziam dessas palavras com certos alimentos, classificando a masculinidade de alimentos como produtos de origem animal, produtos lácteos e vegetais (!!!).

Descobriram então que a maioria das pessoas entrevistadas classificavam carne (em particular, músculo) associando metáforas "viris" à comida. E o estudo foi mais além: descobriu que em 23 línguas, a palavra "carne" é associada a um pronome masculino, muito mais do que "vegetal".

"Para o homem forte, tradicional, machista (...), a carne vermelha também é forte, tradicional, machista (...). Já a soja não é. Para consumi-la, eles teriam que desistir de um alimento forte e poderoso substituindo por um fraco e covarde" afirmou o relatório.

Aí, penso cá com meus botões... "que pesquisa imbecil!" É vergonhoso saber que um estudo deste tipo consumiu uma verba considerável para chegar a resultados tão "impressionantes" e de grande teor "científico" para a humanidade...

Vou abster-me de tecer maiores comentários. Deixo com você. Qual é a sua opinião?


Fonte: http://www.huffingtonpost.co.uk/2012/05/24/health-vegetarian-men-wimps-meat-eating-males
Imagem: www.rps.psu.edu


Postar um comentário