28 de jun de 2012

Nações Unidas entram em guerra contra a Internet


Recebi um artigo da WebProNews, de autoria de Abby Johnson, com este título. E não gostei do que li.

Baseado em informações que vazaram e estão sendo disponibilizadas em WCITleaks.org, tudo indica que a ONU poderá aplicar um imposto global sobre os maiores provedores de conteúdo da internet, tais como Google, Apple, Facebook dentre outros.


A proposta, se aprovada em dezembro na reunião da UIT (União Internacional de Telecomunicações das Nações Unidas),  irá alterar toda a estrutura da internet como a conhecemos hoje. A internet opera em um sistema ilimitado de consultas e com a implementação da nova política, a Google - para citar um exemplo - passaria a pagar por bits transferidos a cada consulta realizada por usuários fora dos EUA, sendo tributada como ligação telefônica internacional.

Obviamente esta fatura acabará sendo revertida a esses usuários, que passariam a ter seu acesso reduzido drasticamente às mais variadas informações, já que não teriam disponibilidade ($$$) para acessá-las.


Seria um retrocesso no avanço tecnológico a nível mundial, destacando-se um prejuízo maior ainda aos países em desenvolvimento.


Espero que tal absurdo não se consolide. Vamos aguardar...
Postar um comentário