17 de fev de 2012

Campanha Brasil sem Vírus - Solução?

Neste ano estamos vivendo um movimento na internet brasileira com o apoio da TechTudo (site techno vinculado à Globo) e do CDI (ONG - Comitê para Democratização da Informática) chamado Brasil sem Vírus.


Em sua página informam que o objetivo da campanha é vacinar o maior número possível de computadores contra vírus, hakers, e programas espiões a fim de assegurar a navegação na internet já que o Brasil foi considerado o país com uma das maiores taxas de infecção do planeta.


Entretanto essa campanha, por alguma razão, não me transmitiu muita confiança. Não ocorria sinapse nos meus neurônios quando eu pensava nesse assunto. Hoje resolví pesquisar um pouco mais e dentre os vários voluntários engajados na campanha desenvolvendo o assunto em seus blogs conforme pesquisa no Google, encontrei o hardware.com.br que mantém um  fórum sobre o assunto. Obviamente, se vou acampar em Machu Pichu, vou consultar um guia da região e não o burocrata do governo da cidade. Enquanto este vai se ater aos pontos turísticos, aquele conhece os caminhos e desvios necessários a uma boa jornada.


Como consenso da maioria frequentadora do fórum, a discussão passa pela "credibilidade" da TechTudo, questiona as intenções da Globo e encerra (ou não) na melhor forma de conscientizar a população, qual seja, comportamentos e procedimentos durante a navegação - ideia essa que apoio desde os anos 90. Eu mesma já fiz dois ou três manuais e distribuí nas empresas onde prestei serviço além de realizar pequenas palestras sobre a segurança na rede. Acho mais produtivas.


As pseudoimunizações duram apenas 90 dias, ou seja, após esse prazo qual brasileiro irá desembolsar algum real para adquirir a versão full? Qual programa está sendo usado? AVG, Avast, MacAfee? Sei que esses programas não são garantidamente eficientes para todo e qualquer tipo de ataque.


Que adianta ter um programa instalado em seu computador e acreditar que não precisa fazer mais nada para proteger seus dados enquanto navega?


Portanto, meus amigos e minhas amigas, minha contribuição para a Campanha vai em forma de Manual de Bons Costumes. Encontrei um muito bom no site que efetua registros na web, com o nome muito sugestivo de Cartilha de Segurança para a Internet contendo dicas e recomendações. Em forma de perguntas, essa Cartilha alimentará vocês com todas as informações e tirará todas as suas dúvidas no assunto. Esse Manual aliado a um software antiviral free (que, repetindo, por si só não garante sua segurança mas que acredito ser melhor do que nada na máquina) já fará com que o Brasil saia dessa estatística.


Cartilha de Segurança para a Internet:
http://cartilha.cert.br